03 abril, 2008

154 - Eternidade

Foto: Shark inho

Ela foi encontrada!
Quem? A eternidade.
É o mar misturado
Ao sol.
Minha alma imortal,
Cumpre a tua jura
Seja o sol estival
Ou a noite pura.
Pois tu me liberas
Das humanas quimeras,
Dos anseios vãos!
Tu voas então...
— Jamais a esperança.
Sem movimento.
Ciência e paciência,
O suplício é lento.
Que venha a manhã,
Com brasas de satã,
O dever
É vosso ardor.
Ela foi encontrada!
Quem? A eternidade.
É o mar misturado
Ao sol.
(Rimbaud)

4 comentários:

Multifuncional disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Impressora e Multifuncional, I hope you enjoy. The address is http://impressora-multifuncional.blogspot.com. A hug.

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Azoriana disse...

Por uma imagem assim
Até nos crescem poemas
Quando o sol chega enfim
À vaga, lume de temas.

Ocaso tranquilizante
Que o céu e o mar doura
Num bailado constante
Luz a maré sedutora.

Susete Evaristo disse...

Azoriana, mas que lindo poema que me envias. Se não te importares vou usá-lo para uma postagem numa das bonitas fotos do Shark.
Beijinhos