24 junho, 2008

191 - Professoras da minha infância

Foto: Shark

Os meus professores

Os meus professores
A quem muito amei,
Ensinaram-me tanto
Do que hoje eu sei!

Os meus professores
Eu muito respeitava,
Transmitiram-me valores
Fizeram muito do nada!

A os meus professores
Muito bem eu dediquei,
Ensinaram-me tanto
Jamis os esquecerei!

Os meus professores
De há longa data,
Em toda a minha vida
Lhes estou muito grata!

Aos meus professores
Deixo este poema,
Todo o meu carinho,
Todo o meu afecto ,
Toda a minha gratidão
E um muito obrigada
Do fundo do coração

Dos meus Professores
Assim e despeço,
Recordando a todos...
Nas rimas deste verso!

7 comentários:

shark disse...

Parecem feitos um para o outro (a foto e o poema).
:-)

Susete Evaristo disse...

Pois parecem é o que eu te digo amigo são duas formas de arte que se completam na perfeição.
Estou tão orgulhosa deste blogue.

amigona avó e a neta princesa disse...

Que maravilha Susete! Obrigada!Desculpa mas senti um pouco uma homenagem não só aos teus!Beijos...

Susete Evaristo disse...

Mas homenageando os meus, cabe um pouco a todos vocês, já que todos os professores também tiveram professores.
Como sabes é um profissão que admiro e fico encantada como conseguem em pouco tempo ensinar às nossas crianças que aquelas formiguinas (as letrinhas) que se vem num papel, juntando se formam palavras.
Beijos

shark disse...

A senhora autora concede-me o privilégio de lincar este espaço no meu charco, junto aos restantes nos quais estou presente?

Susete Evaristo disse...

Meu amigo por quem sois.
Autora? Só da ideia da junção do teu trabalho com outros que julgo serem o seu complemento. Este blogue numa parte substancial a ti se deve, pelo que é todo teu. Meu é só o privilégio da tua amizade.
Beijinhos

Anónimo disse...

fixe e lindo