03 janeiro, 2008

128 - Tempestade

Foto: Shark inho

CHOVE!

Chove...
Mas isso que importa!,
se estou aqui abrigado nesta porta
a ouvir a chuva que cai do céu
uma melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?
Chove...
Mas é o destino
de quem ama
ouvir um violino
até na lama.

(José Gomes Ferreira)

6 comentários:

Teresa David disse...

Gosto muito do Gomes Ferreira do qual recordo não só a poesia mas a sua figura imponente e farta cabeleira branca, o que o tornava uma personagem bonita de se ver.
Também desejo um bom ano e agradeço a visita.
Quanto ao tabaco é mais uma hipocrisia nacional, pois, nós fumadores, pelo menos por mim falo, sempre tive o cuidado de não penalizar os outros com o meu vício,logo, chateia-me ser olhada de través, quando, como um cão, fumo ao frio na rua para não incomodar ninguém. Mas isto pode ser o princípio de outras proibições e isso é que assusta.
Bjs
TD

amigona avó e a neta princesa disse...

Beijo Susete e um bom 2008...

amigona avó e a neta princesa disse...

Olha aquela de vires morar para este lado foi só ameaça?! Fazes-me tanta falta aqui...preciso de gente como tu..beijo...

Susete Evaristo disse...

Amigona, bem que eu queria e tudo parecia bem encaminhado para a concretização mas os meus planos falharam. Enviei-te um mail a explicar o que aconteceu.

shark disse...

A Teresa falou por mim também.

Susete Evaristo disse...

As proibições são o que me preocupa também. E desconfio muito desta subita preocupação com a saúde dos portugueses, ainda mais quando por outro lado, se fecham os Centros de Saúde e se reduzem as urgências. Não fumo mas respeito quem fuma, assim como respeito quem nunca o quiz fazer.